Estudando com o Método Pomodoro

By Luísa Scheid - domingo, maio 10, 2020


Você já ouviu falar do Método Pomodoro? A técnica foi desenvolvida no final dos anos 80 pelo italiano Francesco Cirillo, que procurava uma maneira de aumentar sua produtividade nos estudos durante os primeiros anos de universidade. Para isso, ele utilizou um timer de cozinha para organizar suas tarefas.

Seu timer tinha o formato de um tomate (pomodoro, em italiano) e girava durante 25 minutos, emitindo um barulho ao final desse prazo. Nesse meio tempo, Cirillo se concentrava nas suas tarefas sem interrupções (mesmo!). Ao perceber os resultados satisfatórios, divulgou sua técnica, que se baseia na divisão do nosso fluxo de trabalho em blocos de concentração intensa, alternando-os com pausas. Assim, conseguimos estimular nosso foco e melhorar a gestão do tempo.


Para colocar a técnica em prática, você precisa de:

> Timer ou cronômetro
> Lista de tarefas do dia


Parece simples, não é?


E realmente é. Primeiro, faça sua lista de tarefas. Calcule quanto tempo precisa para terminar cada tarefa e depois divida seu tempo em períodos de 25 minutos (chamados “pomodoros”).  Acerte seu cronômetro e trabalhe ininterruptamente em suas tarefas durante cada ciclo. Quando o timer tocar (ao fim dos primeiros 25 minutos), faça um X nas tarefas concluídas ou anote o status de seu trabalho. 

Depois de cada ciclo faça um intervalo de 5 minutos. Nessa pausa, aproveite para fazer outras coisas não relacionadas às tarefas. A cada quatro ciclos, faça uma pausa maior, de 15 e 30 minutos para descansar. Não pule os intervalos. Eles são fundamentais para “oxigenar o seu cérebro” e aumentar a agilidade mental.

Vale lembrar que essas medidas de tempo são apenas sugeridas no método clássico. Nada impede que você encontre o seu próprio equilíbrio e período de descanso ideal. O próprio método diz em seu livro que o período ideal de estudo para a maioria das pessoas é de 30 minutos.

Se quiser, você pode usar aplicativos ou sites para acompanhar suas tarefas. Existem vários, basta você encontrar aquele que funciona melhor para você.

>> Leia também: Aplicativos para Método Pomodoro

Gosto de usar o método para estudar. Minha meta é estudar cinco horas por dia, o que me dá dez pomodoros por dia. Em geral, estudo duas horas, faço uma pausa longa (em geral, é a pausa do almoço), depois estudo mais duas horas, faço mais uma pausa longa, e termino o dia com a última hora. Minhas pausas longas podem ter mais de uma hora, mas porque estudo em casa e não tenho muitas outras atividades além de estudar. Mesmo assim, eu tento não fazer pausas maiores do que no máximo uma hora, porque isto quebraria o ritmo de estudos.

Aos poucos eu descobri que quanto mais rápido eu termino minhas horas de estudo, mais motivada eu fico e além disso... Lembra-se da sua infância, quando seus pais diziam que, se você terminar as tarefas rápido, você pode brincar o quanto quiser? A ideia é essa... Terminar as horas de estudo do dia cedo, significa que posso fazer o que eu quiser depois, SEM CULPA NENHUMA. Por isso, tendo a fazer pausas mais curtas.

E aí, quem mais usa o Pomodoro para estudar?

  • Share:

Similares

0 Comentários