Como Conquistar o Garoto

terça-feira, agosto 14, 2018





__ Na verdade é muito fácil identificar quando um cara não está nenhum pouco interessado. Eles basicamente faltam cuspir isso na nossa cara. Isso pra deixar bem claro que só querem nos comer e nada mais. A gente que romantiza tudo e cria a ideia que eles estão interessados em nós e depois ficamos sofrendo por eles.__ Anna falava enquanto eu tomava meu Milkshake e visualizava o que eu havia recebido do carinha que eu estava interessada.
__ E o cara que gozou na tua cara? __ Perguntei.
__ Esse depois que gozou me disse “se veste que vou te levar”. Ele simplesmente pegou as minha roupas e jogou elas em cima de mim. E falou com o tom de voz autoritário pra que eu me vestisse rápido. Eu fiquei com tanto medo dele que vesti minhas roupas mais rápido que o flash. E o pior de tudo é que eu fui de ônibus e com a cara toda gozaaadaaaa. Aquela coisa estava grudenta no meu rosto. E eu me senti fedida.
__ Por que você não tomou banho antes de ir embora? Falava pra ele “ei, me comeu quando eu estava cheirosa, agora espera que eu tenho que voltar pra casa com o mesmo cheiro”.__ Rimos de como eu imitei a Anna. Eu realmente estava me tornando a Anna.
__ Não, ele se vestiu e disse que ia me esperar no carro. Agora reflete comigo que o cara tem carro e no mínimo que ele poderia fazer era ter me deixado em casa. Mas ele me deixou na parada do ônibus com aquela coisa grudenta no meu rosto. Argh.
__ Eu não consigo imaginar como eu reagiria se um garoto fizessem isso comigo.
__ Ele é um homem e não um garoto, Melissa.
__ Pra mim todos eles são garotos, ANNA.__ Respondi com o mesmo tom de voz de Anna.
__ Homens, Melissa. __ Anna falava virando os olhos.
__ Está bem. Homens, homens, homens. __ Repetia e olhava a nova mensagem que chegava no celular. E percebi que Anna tentava visualizar a minha mensagem.
__ Uau. Vocês voltaram a ser falar desde quando?
__ Faz pouco tempo. Menos de seis meses. Mandei mensagem desejando Feliz Ano Novo e desde lá a gente tem se falado constantemente.
__ Vai deixar ele gozar na tua cara?__ Damos algumas risadas.
__ Esse eu deixaria tudo. Mas, eu não sei se ele está interessado em mim. Ele é meio complicado.
__ Complicado? O que ele tem de complicado?
__ Ah, ele acabou de sair de um relacionamento, e está passando grande parte do tempo com o filho. E pelo que percebi, ele não tem tempo sobrando pra mais nada.
__ Você tem que criar uma técnica para perceber se o cara não está nenhum pouco interessado. Lembra do filme “10 coisas que odeio em você”?
__ Sim.
__ Pois então, vamos chamar a nossa técnica de “10 coisas para me afastar de um garoto”.
__ Certo, mas se eu gosto dele quase toda minha vida, vejo que seria impossível fazer essa lista. Eu provavelmente sabotaria na primeira linha.
__ Totalmente possível. Digamos que ele dê motivo para você ficar triste. Esse seria o motivo nº 01.
__ Faríamos sucesso com um empreendimento para mulheres que não conseguem o homem certo.
__ Você falou.__ Anna me olhava assustada.
__ O que?__ Perguntei.
__ Você disse homem. A técnica está começando a dar certo.
Rimos da nossa técnica. Mas eu sabia que já tinha quase a lista toda completa. Mas eu não queria contar isso para a Anna. Ela era o tipo de garota que eu queria ser. Queria ser a cópia da minha melhor amiga.
Quando conheci a Anna, eu nunca imaginei que seriamos melhores amigas do mundo. A Anna é perfeita. Ele sempre tem os melhores planos. Sempre tem resposta pra tudo. Conhece um mundo de pessoas e principalmente garotos. E como eu queria ser igual a Anna.
Me despedi da Anna e retornei a minha casa.
Quando cheguei em casa, fiquei pensando na lista de coisas para me afastar do garoto. Peguei o celular e respondi a última mensagem que ele havia me enviado. __Pronto, basta um emoticon pra ele entender que eu não havia gostado da foto que ele havia me enviado. Ele sabe que gosto muito dele, pois eu já havia falado isso várias vezes e ele envia foto dele pra me provocar. Mandei outra mensagem “não vi seus óculos”.
Visualizado.
__ Droga, tenho que fazer a lista. Fico muito ansiosa com as resposta dele, mas ele dificilmente me responde. E ele sempre faz isso. Só não entendo o motivo.
Passei horas pensando o que colocar na lista. Até que comecei a lembrar de minuciosas situações e comecei a escrever.
1º Fica me chamando de chata;
2º Disse que ninguém nunca se interessaria por mim;
3º Faz comentários nas redes sociais me chamando de chata;
3º Sempre diz que “não” quando marco ele nos memes de comida. Aqueles do “marque aqui a pessoa se ela não te responder em 10 minutos te deve uma pizza”;
4º Convidei várias vezes para tomar umas cerveja e todas foram recusadas;
5º Convidei várias vezes para o cinema e todos convites ele recusou;
6º Me fez entender várias vezes que ficaria comigo;
7º Me enviou mensagem dizendo que eu era como uma “irmã” para ele;
8º Outro dia ele me disse que ele era muito bonito pra mim e que eu deveria procurar outra pessoa no meu padrão.
            Adormeci escrevendo minha lista em cima da cama. Quando acordei, vi que minha lista só faltava uma coisa para ter certeza que ele não tem nenhum interesse em mim. E que minha chances de conquistá-lo eram praticamente nulas.             
No início eu fiquei super empolgada com a técnica da Anna, mas eu comecei a me sentir tão triste em saber que ele poderia não gostar de mim. Me senti uma otária.
            Quando éramos adolescentes, fomos vizinhos. E eu era aquela garota que passava exatamente na hora que ele chegava do colégio. Eu fazia proposital para que um dia ele me notasse. Até engordei alguns kilinhos de tanto que fui comprar sorvete próximo da casa dele. Mas depois algum tempo, minha família teve que se mudar e nunca mais o vi.
Depois de alguns anos, encontrei ele em um grupo que ia viajar para o show de uma banda que eu gostava muito. E desde lá a gente passou a se falar todos os dias e sair todos finais de semana. Até porque tínhamos o mesmo gosto musical. Mas daí ele começou a namorar, se casou, teve filho e perdemos contato novamente.
Então resolvi entrar em contato com ele, e veio a notícia que ele estava separado. Eu gritei de felicidade. Eu até gritei “agora é minha vez”. Eu só pensava na ideia “conhecer ele, depois perder contato, depois voltar a nos encontrar”. Devia ser algo meio divino. Não tinha dúvidas que isso era um sinal.
Eu estava completamente decidida a tomar uma última atitude e chamá-lo para sair. E se dessa vez ele responder que não, eu teria a certeza que ele não é exatamente a minha metade e eu finalizaria essa história. Tomei coragem e mandei mensagem bem direta pra ele.
Estava pensando aqui e acho que você deveria me dar uma chance. A gente poderia sair para conversar. A gente nunca se oportunizou ter uma conversa. Pensa bem, eu tenho milhões de qualidades. E temos gostos praticamente iguais.
 Mensagem visualizada.
Enquanto ele não me respondia, a ansiedade aumentava e meu coração acelerava. Até o celular vibrar. Estiquei os braços para pegar o celular e visualizar a mensagem dele.
Melissa, eu estou saindo com a tua amiga Anna.
Eu realmente não sabia como reagir a mensagem. Passou milhões de coisas na minha cabeça. A pior delas foi ser traída pela minha melhor amiga. A Anna era de fato inteligente, maquiavélica, diabólica e eu queria ser ela. Talvez essa foi uma aula de como ser ela e o que as pessoas sentem quando ela faz algo ruim.
Respirei fundo e tentei ficar calma, mas eu não aguentei. Eu peguei todas nossas fotos e rasguei, apaguei as fotos que estavam no meu celular, e gritei todas palavras de baixo calão. Mas a raiva passou depois de horas intermináveis de choro.
Apesar da Anna ter me influenciado a usar essa técnica para que eu deixasse o caminho livre para ela, eu tinha que admitir que a técnica era boa. Mas eu tinha uma técnica melhor ainda:  “como conquistar o garoto”. E eu sabia tudo sobre ele. E mais ainda sobre ela.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.