Entre Luzes

quinta-feira, junho 21, 2018




we don’t have to wait all night
to know if this really love.
we don’t have to wait all night
caus
e I can feel you in my blood
(The Veronicas)


Sentindo.

Não sei exatamente o quê. Não consigo entender o que é isso, mas ainda sim estou sentindo. Há fogo em meu sangue; há luz em meus olhos. Acende e apaga. Talvez porque estou piscando.

Mas isso não é tudo. Há outra coisa.

Pulso acelerado. Cabeça girando. Estou fervendo. Fervendo como chama. Isso é tudo? Não ... Eu até percebo os sinais do meu corpo, mas não sei o que eles significam.

Mas sei que estou sentindo.

O que eu sei?

Eu sei apenas três coisas.

Um: há música.

Não é tão óbvio quanto parece. Música é tudo que ouço agora e é fácil entender por quê. Mas se eu fechasse meus ouvidos, se eu me impedisse de ouvir o som, eu ainda ouviria música dentro de mim. Não há vazio. Tudo está cheio.

Eu sinto isso nos meus ossos - a batida está me sacudindo por dentro. Da cabeça aos pés, toda a minha pele, todos os meus músculos são música. Eu sou a batida; se houvesse uma guitarra, eu também seria. Eu sou o groove e o silêncio. Eu sou a calma e a explosão.

Eu sou a música inteira.

É por isso que sei que há música.

Eu sei apenas três coisas.

Dois: ele está aqui.

Pode até haver outras pessoas - eu até me lembro de outras pessoas - mas ele é o único que sinto por perto. Ele é o único que quero por perto.

Não por perto... mais perto.

Não preciso de meus olhos abertos, pois posso senti-lo. Reconheço suas mãos nos meus quadris, nos meus ombros, ao meu redor. Conheço o calor e o ritmo do seu corpo. Eu simplesmente conheço seus movimentos, mesmo quando ele não está se movendo para perto de mim.

Ele é tudo que quero. Ele pode nunca ser meu único, mas sempre será meu favorito. Ele e seu sorriso ensolarado, que não consigo ver através de luzes de neon, mas  sei que está lá. Um sorriso nos lábios roxos. Roxos como os meus. Uma obra de arte que só um beijo de batom pode proporcionar - um beijo que ele quer me dar, um beijo que quero ter agora mesmo.

Seus lábios roxos estão nos meus. Nenhum beijo real; ainda que seus lábios sejam doces, minha boca fica amarga. Muito amarga, mas ainda deliciosa.

É ele. Nunca me sinto mal se ele está tão perto de mim. Parece o paraíso - sinto como se eu estivesse flutuando. Talvez realmente esteja. Não sei exatamente onde estou, mas isso não importa... Gosto do que estou sentindo.

E eu sei que ele está aqui.

Eu sei apenas três coisas.

Três: eu amo…

Sentindo…

Eu o amo?

Eu sei apenas três coisas: eu sei que há música. Eu sei que ele está aqui. Qual era a terceira coisa?

Não consigo me concentrar; mal posso respirar. Eu quero respirá-lo - ele é minha droga. Ele é minha brisa. Ele é o fogo que me incendia.

Quero ser o ar dele. Quero ser todos os seus segredos.

Quero tocá-lo. Quero dançar com as mãos. Quero o cabelo dele entre meus dedos. Não preciso ver. Não quero ver. Só quero senti-lo mais perto - como eu sinto a música: dentro de mim e em todo o meu redor. Calma e explosão. Para cima e para baixo. Barulho e silêncio.

Minha cabeça está girando. Não vejo mais nada. Não penso. Estamos em ecos. Estamos no caos. Nós somos fogos de artifício. Somos estrelas cadentes. Não consigo mais esperar. Estou à beira do descontrole. Parece que estou perdendo tempo. Não quero esperar até o final da noite. Não preciso esperar.

Esse sentimento…

Eu sei de uma coisa só: posso sentir isso no meu sangue e cérebro. Ele também sabe disso - pode ouvir em sua voz e em seus passos. Pode ver em seus olhos e sorriso...

Nosso amor entre as luzes.





Esse texto faz parte do Projeto 365 Temas.
Leia mais:


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.