12 Cartas em 12 Meses - Abril



É impressionante como alguns temas são mais fáceis que outros. Enquanto em alguns casos as palavras fluem naturalmente, em outros é necessário quase que um exorcismo para que uma frase seja escrita por completa.

O tema do mês de abril foi um desses. A dificuldade maior não foi nem em realmente escrever - mas sim escolher quem seria meu destinatário. Um desconhecido. Como escolher um desconhecido? O que falar para ele? Não foi fácil... Mas confesso que fiquei com vontade de mandá-la para alguém aleatório e ver o que acontece.

Bora ver o resultado?


◆◇◆◇◆◇◆◇◆◇




Olá estranho,

Nós não nos conhecemos. É impossível conhecer todo mundo, afinal, somos 6 bilhões na Terra. Dizem por ai, contudo, que estamos todos interligados em até seis pessoas. Parece loucura, não é? Entre eu e você existe seis pessoas - somente seis conexões - e mesmo assim, nunca nos falamos.

Sequer sabemos da existência um do outro.

Essa é a parte mais maluca. Vivemos na mesma época. No mesmo ano. Vivemos até no mesmo continente, mesma cidade - mas sua existência passa despercebida por mim. Talvez eu já tenha passado por você entre os milhões que usam transporte público todos os dias - talvez eu já tenha estado dentro do mesmo ambiente que você - mas não te vi de verdade.

E provavelmente você também não...

Não tem problema. Nós conhecemos a geração a que pertencemos. Fones no ouvido, olhos no celular, evitando toques, evitando atenção. Apenas passando um pelo outro, centrados em nossa própria existência, incapazes de olhar para o lado. Incapazes de enxergar o ser humano ao nosso lado.

Ignoramos todos. Principalmente os feios e os necessitados. O único capaz de tirar nossa atenção das telas dos celulares são aqueles que nos atraem fisicamente - e somente por um intervalo curto. Não conhecemos mais ninguém. Temos seguidores, mas não amigos. Temos números no facebook, mas sequer sabemos a data de aniversário um do outro. Ou seus gostos musicais... Ou suas alergias.

Não conhecemos mais ninguém. Não de verdade.

Eu não gosto disso. Quero conhecer as pessoas com quem divido esse mundo, esse país. Quero saber quem é a pessoa que senta ao meu lado na faculdade. Quero poder distingui-lo de todas as outras 6 bilhões de pessoas.

Olá, estranho.

Você estudou comigo pelos últimos cinco anos. Mas não, não nos conhecemos.

Prazer, Luisa.






Veja todas as postagens desse projeto aqui.

Leia a carta do Rabiscando Livros aqui.

19 comentários:

  1. Imagino que deve ser bem dificil mesmo escrever pra quem nao conhecemos!!! Mas vc brilhou!

    ResponderExcluir
  2. Gente, esse projeto é incrível, muito criativo e ao mesmo tempo muito reflexivo. Realmente passamos, ou até convivemos com uma pessoa, mas acabamos não a conhecendo profundamente. Adoraria receber uma carta assim, de uma pessoa desconhecida.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, como vai?
    Que maravilha, confesso que aina nao conhecia esse projeto 12 meses 12 cartas
    eu achei super linda essa carta essa reflexao
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Que bacana esse projeto ainda não tinha visto um projeto assim, achei muito interessante escrever pra quem não conhecemos, achei máximo a carta, bjs.

    ResponderExcluir
  5. Nossa que verdade heim e vc conseguiu trazer do abstrato para o real.... As vezes as coisas passam despercebidas e agente não vê. ..
    Gostei da parte que você falou sobre termos seguidores e nao termos amigos.... Fatos a se pensar
    Beijos
    Parabéns

    ResponderExcluir
  6. Olá Luiza,
    adorei a sua narrativa...
    Impactante!
    Muito bom mesmo o texto!

    ResponderExcluir
  7. Menina escrever para quem não conhecemos não é facil, mas acho que ao mesmo tempo é algo gratificante, pois as vezes nossas atitudes podem ajudar muito uma pessoa, mesmo atraves de uma carta.

    ResponderExcluir
  8. Linda reflexão e acredito que realmente deve ser difícil iniciar uma carta para um desconhecido mas depois percebi que fluiu e diria até que talvez seja ela para alguém de sua faculdade.

    ResponderExcluir
  9. Nós não nos conhecemos direito, imagina um desconhecido. Mas parece ser alguem que já estou.

    ResponderExcluir
  10. Cai de paraquedas! Gostei do projeto, posso participar? É doido mesmo, escrever para um estranho, mas que hoje é conhecido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, sempre é tempo de participar!
      Me avisa se for mesmo escrever as cartas :D

      Excluir
  11. Que projeto legal..bem criativo, amei a ideia
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada Mix|Blog Prosa e Texto

    ResponderExcluir
  12. Acho muito legal esses projetos. Deve ser muito interessante mandar carta á um desconhecido, adoraria participar rsrsrs bjo Verônica Alves

    ResponderExcluir
  13. Muito boa a carta de abril, gostei demais da carta para um desconhecido

    ResponderExcluir
  14. É impressionante como já estivemos próximos de pessoas há anos, mas nunca a conhecemos de verdade!

    ResponderExcluir
  15. Olá. Que legal esse projeto =) Hoje em dia quase não se manda carta, não é mesmo?!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Achei bem bacana essa proposta hein. Queria fazer!

    ResponderExcluir
  17. Que legal essa ideia ! Adorei o projeto

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito da reflexão e do projeto.
    Me fez pensar nas pessoas que vemos todos os dias e nem o nome sabemos.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.