Precisamos Falar Sobre o Amor

sábado, fevereiro 24, 2018
Foto: Autor desconhecido




  Eu costumava brincar que queria um príncipe encantado, daqueles que chegaria em um cavalo branco e me levaria embora daqui para bem longe, daqueles que me daria tudo que eu quisesse e fosse um verdadeiro cavalheiro como um príncipe deveria ser, e ainda dizia “Está demorando tanto que acho que vai ser o Rei dos príncipes”, foi então que a ficha caiu, demorei a perceber que príncipes só existem nos meus filmes de romance, ou nos milhares livros entulhados na minha prateleira onde as mocinhas são sempre salvas pelos príncipes de cavalo branco. Então eu percebi que não precisava de príncipe nenhum, a mocinha salvava a si mesma na minha história, eu aprendi a ser a mulher da minha vida e a me amar do jeitinho que eu sou, afinal, se eu não era capaz de me amar, quem seria? Então eu conheci uma pessoa, que me ensinou que amor não é prisão, é liberdade, é como um passarinho que aprende a voar e bate as asinhas pela primeira vez, é como correr e brincar sem medo de ser quem é, é como pular de paraquedas ou como andar na montanha russa e sentir aquele friozinho na barriga, é como andar descalço na grama e sentir cosquinha na sola dos pés, é como andar de bicicleta, é como sentir o cheirinho gostoso da terra molhada quando chove, é sentir aquele turbilhão de emoções nos quais você não sabe lidar. Ele não é um príncipe encantado, muito pelo contrário, é cheio de defeitos e me deixa louca na maioria das vezes, mas ele sabe quem eu sou, não a casca, mas o interior, ele sabe o que gosto e o que não gosto, sabe como me sinto e sabe principalmente como eu me amo. Sempre ouvi a frase “Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos”, e hoje eu entendo, eu mereço o meu amor, o amor mais bonito e profundo que pode existir é o amor próprio, ele entende que eu me amo primeiro e ele não veio com a intenção de me completar, e sim me transbordar, porque completa eu já sou. E eu fico imensamente feliz em poder dizer que além de meu melhor amigo, ele é o meu amor.


Um comentário:

  1. Que texto lindo, amei :D

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.