Coloboma






Eu tenho esses dias estranhos
Nos quais falo com minha cabeça
E nós quase sempre discutimos
Sobre mim em voz alta
Na presença de outras pessoas
E suas vidas sem graça
Penso no olhar que me dão,
Apressadas,
Como se eu fosse algo menos que nada,
Uma mancha na calçada.
Mas não tomo como pessoal
Afinal,
O que fazer
Quando se é louco como eu?



0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta