Orfeu

Imagem: Serena Terra

Não há sino do apocalipse,
nem galáxias além do eclipse
Só o beijo de Afrodite
Que me engana e me demite

O desejo que se segue
No jardim das Hespérides
Não conforma que eu o negue
Nem que tu duvides

Da maçã que lhe lançaram 
Ou da lança que enfiaram
Na boca do coração

Da coleira de Ládon
Que nos olhava descansado
Na encosta do Tártaro.



0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta