O Post e a Vertigem




Sou um post ansioso
Na tremura de letras
Que tentam manchar
O mural com algum sangue
E quase sempre deixo
As reticentes lágrimas
Meus caracteres morrem
Num jorrar de flores
Que alguém fez questão
De murchar
Meus caracteres sofrem
Num mover de poros
Que alguém fez questão
De ceifar

Sou um post bipolar
Na metade de pingos
Que tentam estragar
A foto com qualquer nuance
E atualmente vejo
As vertigens plásticas
Num desfazer de flocos
Que alguém fez questão
De chutar
Num permanecer de gesso
Que alguém fez questão
De mortificar

por Morphine Epiphany

0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta