Voz da Minha Alma



Nessa noite poderia escrever algo sobre como o céu é belo, mas me dei conta de que não é tão belo se não estás aqui. Nessa noite poderia escrever sobre seu sorriso, mas percebi que nunca o vi. Nessa noite poderia escrever sobre seus abraços que um dia me acalmaram a alma, mas nunca o recebi.
Poderia falar de minha dor, que ainda me tira o sono, mas diga-me quem nunca amou. Eu queria ser o céu sobre você, a chuva sobre sua pele, mas não queria ser nada sem você.
Na verdade nessa noite, quero escrever sobre esse céu infinito, quanto és belo o que sinto.
Quero ser seu espelho, para contempla-la em todas as manhãs.
Quero que ouça as batidas do meu coração, e sinta a verdade da minha alma. Quero que o eterno amor exista entre nós, sem distinção sem limites. Mas no fim da noite, diga-me, sussurrando sua doce voz, colocando-me a dormir, e adormecendo em teus braços, o calor do teu corpo aqueça o meu amor, que é incondicional, que é eterno enquanto exista você.



1 comentários:

  1. Amei!!! Lá no fundo é um amor desse que todos nós em algum momento da vida desejamos ter, um amor incondicional... Parabéns Karen, muito bem escrito, toca nosso coração.

    ResponderExcluir

 

Curta