Paleta

by - segunda-feira, agosto 15, 2016





Num esboço do teu rosto
Traço as linhas de alegria
Esmiúço as das tristezas
E me foge a sutileza

No suor da tua pele,
Na flor de teus cabelos
Uso excesso de amarelo
Coloco um Sol no teu céu

Nos seus lábios, me esqueço
Do que sou,
Do que mereço
E me decido por vermelho

Dos seus olhos, a ciência:
Sou pintor
E não poeta
E que se fosse
Seria inútil
Ao lidar
Com tua figura



Leia Também

0 comentários