Quarto Crescente







Vi sua sombra no altar
Chorando de pesar
Um séquito de gente
Esperando para usar

No canto dos olhos
No limite da audição
O refrão dessa canção:
“Escolha o seu caixão!”

Não olhe para o canto
Nem para o teto
Nem para mim
Ou para você

Pois é ali que ele se esconde
O ceifeiro sinistro
Vermelho e Dourado
Com a lua nos braços

Então minha querida
Não se assuste;
Quando ele vier te visitar
Respire fundo

E o convide para um chá




0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta

Siga