Um Sentimento Chamado "Você"



Seus olhos brilham na verdade escura. É lento e singelo o esperar da noite. De sombras já não preciso e me fartei.
Espero tanto que o frio não me incomoda mais, pois já virei pedra. A noite dura pra sempre.
Sinto algo novo e intenso, um sentimento que chamaria de “você”:
Uma fome que se sacia apenas com o seu abraço. Uma vontade de sentir suas emoções, cuidar bem delas e tirar tudo o que lhe faz mal. Te fazer rir em tempestades e te fazer sonhar. Quero a leveza do seu movimento e a textura da sua voz acariciando lentamente meu ouvido, enquanto você ri dos nossos medos.
Um desejo de encostar a cabeça no seu peito e ouvir seu coração quando estivermos em absoluto silêncio. Assistir você dormindo, sentindo sua respiração calma e tranquila enquanto peço ao universo que nenhum mal o afete.
Entrelaçar meus dedos nos seus e ver quem segura mais forte a mão do outro. Beijar seu cabelo desejando que cada fio seja beijado igualmente. Te dar um abraço que não tenha hora para se desfazer e que dure o tempo necessário para que eu memorize seu cheiro e senti-lo pelo resto do dia. Usufruir intensamente de todos os sentidos a todo momento.
Dizem que é impossível contar as estrelas, mas com você eu gostaria de tentar.
Poder deslumbrar do escuro sabendo que a luz estará ao meu lado enquanto você estiver. E também admirar o dia sabendo que a qualquer hora eu posso fechar os olhos e preferir o breu para sonhar com você.
Eu não quero ter você, eu quero estar com você. Quero que você queira estar comigo porque essa foi sua escolha de total liberdade. Livre de influências, preceitos e conselhos.
Eu não preciso de você e não quero que você precise de mim. Apenas desejo sua presença sabendo que você tem asas e pode voar quando quiser. Que a porta do meu coração está aberta para que possa sair a hora que julgar necessário.

E esse imenso sentimento, eu defino brevemente: Um desejo sobre-humano de te fazer feliz.



0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta