Qualquer Lugar

by - domingo, novembro 15, 2015



Caneta na mão
Papel de prontidão
Pronto pra começar
A botar as coisas no lugar


Mas começa a pensar
E não consegue mais
O mundo te distraiu
A ideia te consumiu


O tédio lhe deu visão
A cabeça te deixou na mão
Fosse sobre a atração
Fosse sobre a solidão
Agora não há mais jeito
Tem de se contentar
Em apenas anotar
Em qualquer lugar



Leia Também

0 comentários