Pequenos Pedaços de Felicidade

by - sábado, outubro 03, 2015




Hoje foi aniversário da minha mãe e, como presente, levamos ela para comer fora, em uma cidadezinha a alguns quilômetros de onde moramos, há lá um lugar muito bom e aproveitamos para conhecer o famoso castelo em Pesqueira, que é realmente lindo, pena que não pudemos entrar. Enquanto íamos, comíamos, visitávamos, me pus a pensar, ali, com a minha família reunida, o quanto a gente às vezes deixa passar na vida esperando ou imaginando que a felicidade se resume a ter um monte de coisas ou uma pilha incontável de dinheiro quando, na verdade, como disse Aristóteles a felicidade é o ser.
Eu tenho percebido isso mais e mais a cada dia, não são simplesmente momentos de alegria passageira, mas um estado de espírito, o fato de você ser agradecido por tudo que já tem e ser feliz sem ser conformado, mas melhorar pelo bem da sua família e próprio e não porque vocêdepende disso para viver. É meio confuso, mas faz sentido. Enquanto eu estava lá, olhando minha mãe ainda muito bela para 50 anos, pensei comigo mesma quão feliz e sortuda eu sou. Tenho uma família única, pais maravilhosos, uma irmã incrível e a chance de estudar, de ter uma casa boa e, mesmo sem muitos recursos, nada nunca faltar.
Desde que eu retomei o tratamento, tenho aprendido isso, a ver as coisas boas da vida, a não ter medo de participar dela. Afinal, eu tenho tudo que preciso, o que eu quero vem aos poucos e, nem sempre, é indispensável. Estou na busca do equilíbrio dito por Aristóteles, esse equilíbrio que garante a plena felicidade, mas hoje, nesse passeio e nesse dia tão especial pra minha família, que é o aniversário da minha mãe, a mulher mais importante da minha vida, eu percebi uma coisa que, antes, era muito nublada diante dos meus olhos que só avistavam coisas ruins da vida, eu sou muito, muito feliz. Quando a gente começa a focar nas coisas boas acaba percebendo isso, a felicidade não está no ponto que você se determinou a chegar, está no caminho que vai te levar até esse ponto.

Leia Também

0 comentários