Portas da Percepção: Adeus



Eu sempre quis saber: será que é só isso? Será que não haveria mais choro e luta por quem entra na nossa vida e um belo dia decide abandonar? Será que tudo é tudo mas não é nada? E os amigos, os amores, os vizinhos? No fim não sobra ninguém, e realmente MORREMOS sozinhos. Talvez não devamos precisar do outro. Talvez ninguém deva se apegar a ninguém. Ou todos devam se apegar a todos e aí sofrer dolorosamente. Ou dosar o apegar e seguir vivendo. De qualquer forma, um dia acontece. A pessoa simplesmente vai embora. E por isso morre. E não choramos nesse dia. Será que é essa a forma de matar o amor? Ir deixando de lado e um belo dia partir? Afinal era real ou não? E que houve com vocês? Vão deixar cair assim? E agora? O que eu faço da vida?



0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta

Siga