Sem Palavras

by - segunda-feira, julho 13, 2015








Tantas idéias
Reservadas.
Tantas palavras
Malcriadas.
Tantas ações
Mal julgadas.
Quantas opiniões
Na privada.

E ainda assim,
Tão poucas
Se comparadas
A imensidão
Do coração

Tão curtas
Tão longas
Exatas
E simplórias.

Como alguém pensou
Que um dia seria
Somente
“amor”?


“É quando você sabe que encontrou alguém especial. Quando você pode simplesmente calar a boca por um minuto e dividir o silêncio confortavelmente.”


Leia Também

1 comentários

  1. O título do poema traduz a forma como fiquei após lê-la <3
    Totalmente sem palavras.

    Você escreve com maestria. Parabéns!


    ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir