Ame querida, ame

sexta-feira, abril 24, 2015





Ame querida, ame

Estou prestes a lhe escrever a última carta, e apenas peço-te que ame.
Conheço cada fragilidade tua cada mania e deves deixar que outra pessoa conheça também. É uma honra ter que lhe dar com elas.
Toque aquelas músicas que gosta de ouvir quando está fora da realidade, toque sempre, dance daquele jeito todo seu. Não se canse.
Não deixes minha querida de escutar aquela bela canção que estava tocando naquela noite que marcou um momento nosso.
Abrace-o sempre!
Teu abraço é tão aconchegante, digo que é o meu lugar favorito.
Sussurre... Minha bela.
É a melhor sensação que alguém pode sentir, não deixe de sorrir ao fim de cada sussurro, pois não há nada mais belo de se olhar.
Me prometa apenas uma coisa, não repita as palavras que sussurrou para mim: "Você é minha paz".
Querida saiba que era você a única que me dava paz. A minha paz era a tua paz.
Dói me saber que estás prestes a chorar e eu não estou ai para te cuidar.
Mas querida não te esqueças, ame.
Não te reprimas, deixe que seu coração seja aquecido.
Ame como me amou.
E no final de cada noite não se esqueças de mim.
E saiba que foi a última que amei.
Como a última música, a última carta, o último suspiro.


10 comentários:

Tecnologia do Blogger.