Jogo de Sedução



Acho que gosto de você, mas desse jeito malandro e sem propósito. Acho que gosto da ideia de te seduzir, sabendo que você vai retribuir e que vamos continuar nessa brincadeira o resto da noite, sem receio de que nossa amizade seja atrapalhada. Gosto é da forma como brinco contigo como se você fosse meu objeto – e as feministas que morram agora, pois eu gosto de ser seu brinquedo também, nesse nosso pequeno mundo a parte. Não há sentimento, nem qualquer pretensão de envolvimento. É a mais pura descarga de tesão em palavras, sem compromisso, sem precisar de mais nada – e essa é a melhor parte, porque fica a cargo da minha mente completar a história que começa com nossas conversas. E a cada noite, a cada conversa, começa uma nova, cada uma com finais diferentes. E não importa o quão ruim seja o fim, sempre haverá uma nova trama na noite seguinte. É, acho que gosto sim desse nosso jogo de sedução sem outro fim que não a própria atração.

4 comentários:

  1. Nossa esse texto me relembrou uma trágica fase da minha vida, semanas chorosas e dramáticas, porém , nunca cansamos da mesma rotina ... seguindo <3

    http://esquematizadaaos15.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa que texto lindo, me identifiquei bastante rs ! Parabéns pelos seus textos, eu amei ♥

    Beijinhos - FB
    www.agorafinalmente.com

    ResponderExcluir
  3. Mas gente kk
    Quando eu estava lendo o texto parecia que vários perfis de personagens passavam rapidamente e agregava ao casal, Parabéns, fiquei impressionado!

    (FB) Miguel Prado
    http://minhavidapor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 

Curta