Fim



Apenas silêncio.
Estou morta?
Meu peito dói.
Meu coração se corrói.
Não respiro, não sinto.

Tenho pouco tempo.
Qual segundo viver?
O olhar penetrante,
O beijo delirante,
O abraço sufocante?

Passam as flores
As mãos e os doces
Em vivas e revivas cores.
Triste, preto e branco,
Apenas enxergo o fim.

5 comentários:

  1. Uau, que poema intenso! Consegui me imaginar na situação, não saberia como reagir a toda essa falta de emoção e cor...

    http://aquelamalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É um lindo poema! Você escreve realmente muito bem, parabéns. - FB

    Jacke Helen
    ☁ http://colecaodenuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que poema lindo, me vi na parte ''Tenho pouco tempo.
    Qual segundo viver?'' parabéns pelo poema.

    FB
    janaooucoaminhavoz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de ficar segundos em silêncio, mas minha mente não descansa, seus textos são lindos, bjs Fb
    andreiaprazeresbordado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. noooooooooooooossa *----* que linnnndo, é você mesma que escreve? adorei, apaixonei de verdade!!!!
    fb http://fashionjooy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 

Curta