Em círculo


E no fim, eu sempre volto para você, não é? O tempo passa, eu procuro em outro corpos o que eu já tive - mas no final aqui estou novamente, com as mesmas lágrimas, como se nada tivesse mudado, como se eu não tivesse dado um passo sequer. Talvez eu realmente tenha andado, talvez eu realmente tenha dado um passo ou outro para frente, mas feito imã, você me envolve e chama de volta - e eu ando em círculos ao seu redor, acreditando profundamente que estou visitando lugares novos. Doce ilusão - basta abrir os olhos para ver o quanto estou errada; porque é isso que você faz comigo: me venda os olhos com a imagem que eu quero ver, me faz acreditar que estou feliz, que superei - mas tudo isso não passa de uma mentira. Talvez a única verdade então seja que é impossível voltar para você pelo simples fato de que eu nunca te deixei.




1 comentários:

  1. Muito bons os textos aqui postados.
    Parabéns pelo trabalho,
    muito sucesso para você e seu blog, querida!

    Abraços,
    http://gatos-livros-chocolate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 

Curta