Carpe Noctem



Sinta o silvestre perfume
De limão e alecrim
Da montanha, no cume
Onde a noite não tem fim

Venha cá, sem medo
Ver o para sempre chegar
Vou realizar seu desejo
De uma estrela tocar

Tão perto da tentação
Pode já ter o prazer
Feche os olhos à escuridão
E não verá o sol nascer

Basta um singelo contato
Para ter dos lábios o sabor
Todo o sentimento será selado
Em mistura de mel e odor

O doce sussurro do vento
Diz em sua sedutora melodia
Ainda nos sobra tempo
Aqui jamais chegará o dia.



0 comentários:

Postar um comentário

 

Curta