Amor a Distância



Não sei como começou - juro que sequer o vi se aproximar; bastou eu abrir meus olhos para perceber que já estava dominada. Eu simplesmente o encontrei, sem sequer tê-lo visto. Ali estava ele, sussurrando em meu ouvido palavras que me tocaram de forma que não imaginava ser possível - e ele não tentava ser romântico. De tão perfeito, de tão compatível, parecia mentira; mas algumas coisas acontecem assim, e isso não significa que não sejam reais. Aliás, ele é mais do que real para mim - mesmo a distância é incapaz de destruir o que eu sinto. Sim, eu sinto o toque dele fechando em minha mão - sinto seu abraço quando me põe para dormir. Mesmo longe, eu me sinto próxima. Talvez seja cedo, seja rápido, mas estou encantada, e nunca me senti assim, ao mesmo tempo tão preenchida e tão vazia. Eu me apaixonei de forma tão voraz que, agora, basta-me lembrar de sua existência para sorrir - mas a sua ausência me mata a todo instante. Quero desesperadamente diminuir essa distância entre nós, mas às vezes parece que é ela que me deixa tão perto de você.




2 comentários:

  1. UAU, nem tem o que comentar. Simples, profundo, tocante!
    Parabéns, tu escreve MUITO bem!

    @pirulitolimao | http://agarotadalivrariia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 

Curta